Skip to content


Centro de Convenções para por reforma e deixa formandos a ver navios

A Bahiatursa cancelou todos os eventos programados para o Centro de Convenções a partir de dezembro. O motivo é o início da segunda etapa da reforma do equipamento, cuja precariedade das estruturas tem sido motivo de denúncias constantes – há dois meses, o secretário estadual de Planejamento, Walter Pinheiro, chegou a ficar preso num dos seus elevadores.

Os trabalhos que serão conduzidos pela Bahiatursa e a SUCAB estão orçados em R$ 10 mi e envolvem a substituição de toda a cobertura da torre central e do pavilhão de feiras e a reforma dos auditórios, salas, corredores e do Teatro Iemanjá. Em função da intervenção, o Centro de Convenções não aceitará pautas de 6 de dezembro a 30 de abril.

Segundo a gerente do CCB, Adriana Tramm, desde março a Bahiatursa não realiza contratos preliminares com clientes, em função da previsão de obras. “Trata- se de uma medida de segurança. Desde 1993 não se faz uma reforma no CCB e estas reformas são extremamente necessárias. Vamos recuperar este equipamento tão importante para a atração de eventos e entregá-lo em ótimas condições para a população e para os turistas”, disse a presidente da Bahiatursa, Emília Salvador Silva.

No entanto, há informações de que contratos preliminares para a realização de formaturas foram fechados após o prazo divulgado pela gerente do CCB e que só agora os formandos teriam tomado conhecimento da suspensão das atividades no local em janeiro.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Posted in Política Local.